top of page

Saúde mental: veja as melhores práticas para as empresas

Atualizado: 1 de set. de 2023

A campanha Setembro Amarelo está chegando e sabemos que trazer discussões sobre prevenção ao suicídio e cuidados com a saúde mental são importantes, ainda mais no contexto pós – pandêmico em que estamos vivendo.


Grande parte dos profissionais brasileiros sofrem de algum transtorno psíquico que implica na qualidade das atividades e no relacionamento entre equipes. Além disso, o Brasil é um dos campeões mundiais de casos de depressão, variando entre 3% a 11% da população e sendo mais frequente em mulheres.


Conheça um pouco mais sobre o Setembro Amarelo e veja algumas ações essenciais para você priorizar a saúde mental na empresa.


Quando começou a campanha Setembro Amarelo no Brasil?


O projeto foi criado em 2015 organizado pelo CVV (Centro de Valorização da Vida), CFM (Conselho Federal de Medicina) e ABP (Associação Brasileira de Psiquiatria), visando fazer uma conexão e aproveitar o mês que marca o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio, 10 de setembro.


Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a cada 40 segundos, uma pessoa comete suicídio em algum lugar do planeta. Ou seja, em um ano, mais de 800 mil pessoas perdem sua vida dessa maneira. Diante desses dados, fica clara a necessidade de dar mais atenção a saúde mental. E é essa a proposta do Setembro Amarelo.


Qual é o objetivo dessa campanha?


O grande propósito é sensibilizar as pessoas a cerca da prevenção do suicídio, levando diálogo, informando e desconstruindo preconceitos a respeito do tema, além de ajudar a ampliar a divulgação de canais e meios de conseguir ajuda.


Durante todo o mês, escolas, universidades, entidades do setor público e privado se juntam para participar da campanha de saúde mental, promovendo diversas ações integrativas.


Neste ano, o slogan “Se precisar, peça ajuda!”, é destaque da campanha do Setembro Amarelo em 2023.


Importância da campanha de saúde mental nas empresas


A saúde mental é parte essencial para a integridade do ser humano. Grande parte dos profissionais brasileiros sofre de algum problema psíquico, como a ansiedade, depressão e outros transtornos psicológicos que implicam na qualidade das atividades e no relacionamento entre equipes.


Quando falamos em dados, um levantamento realizado pela Kenoby diz que em 67% das empresas onde atuam os entrevistados houve pessoas afastadas por algum problema psíquico. Dentre eles, 93% dos entrevistados acreditam que falta um olhar das empresas para o assunto. E se antes já era essencial se preocupar com esse tema, agora, tornou-se indispensável.


Melhores práticas de saúde mental para as empresas


Se esforçar em campanhas de conscientização e promover ações de saúde mental é algo que requer a realização de práticas planejadas e constantes.


Vejamos a seguir algumas ações essenciais para você priorizar a saúde mental na empresa.


Disponibilize benefícios de qualidade de vida


Oferecer benefícios que contemplem saúde e bem estar integral do time como academias e consultas online com psicólogos, demonstra o compromisso da empresa com a qualidade de vida de seus colaboradores. Isso pode resultar em maior satisfação, engajamento e retenção de talentos, além de contribuir para a criação de um ambiente de trabalho mais saudável e produtivo.


Criar ou participar de campanhas de conscientização


No mês de Setembro, empresas e toda a sociedade civil participam da campanha Setembro Amarelo, promovendo a conscientização e alertando a população sobre a importância da prevenção ao suicídio. Abordando esse tema nas empresas, os seus colaboradores se transformam em agentes que levam informações cruciais sobre saúde mental. Lembre-se:

todo mundo é capaz de fazer a diferença na hora de ajudar quem precisa.


Crie programas de bem-estar


Além de benefícios corporativos, implementar programas específicos para os colaboradores é de suma importância porque é uma forma de garantir engajamento do time e ainda auxilia no acompanhamento de métricas de benefícios. Os programas podem incluir sessões de mindfulness, yoga, meditação e atividades físicas.


Ofereça suporte e apoio


Além de promover ações de conscientização e criação de programas de bem-estar, oferecer suporte a quem precisa é fundamental. É preciso estar ainda mais atento(a) e construir uma rede de apoio interna, estimulando a busca por ajuda especializada, sempre que necessário. Manter a saúde mental de sua equipe é também cuidar da saúde de sua empresa.


Oriente seus funcionários a fazer alguns intervalos


Direcione os colaboradores a fazerem pequenas pausas no dia a dia para evitar o esgotamento mental. Os descansos são essenciais, por exemplo, para evitar a Síndrome de Burnout, uma condição causada pelo excesso de trabalho.


Promova um ambiente humanizado


A cultura organizacional consegue reunir os hábitos, comportamentos, crenças, as políticas internas e externas de uma organização. Desenvolver uma cultura humanizada, empática e acolhedora pode motivar os funcionários e ajudá-los a crescer com a empresa.


 

Saúde mental e a importância das consultas online


A campanha Setembro Amarelo chegou e sabemos que trazer a tona discussões sobre a saúde mental são fundamentais. O combate ao adoecimento mental e a promoção de uma qualidade de vida digna são uma de nossas missões. E com isso, durante o mês de Setembro, a Memori realiza ações de conscientização sobre o assunto, além de oferecer gratuidade na primeira consulta online com os nossos psicólogos.




É válido lembrar que na pandemia, a Telemedicina facilitou o acesso a colaboradores com qualquer tipo de problema psíquico e se mostrou ser uma potente ferramenta neste processo.


Aqui na Memori, oferecemos suporte por meio de consultas online com psicólogos e nutricionistas através de agendamento prévio e com disponibilidade na semana e nos finais de semana.


Quer mais uma ajudinha?


Receba o próximo conteúdo diretamente no seu email! Assine a nossa Newsletter e fique por dentro dos conteúdos exclusivos e das novidades da Memori.




44 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page