top of page

O que é o Burnout e como não ter nas empresas

Atualizado: 17 de abr. de 2023

Síndrome de Burnout ou Síndrome do Esgotamento Profissional é uma Condição ocupacional decorrente do trabalho, sendo como principal causa, o excesso de trabalho.

Em 2019, essa síndrome recebeu uma nova classificação da Organização Mundial da Saúde (OMS), a CID 11, e entrou em vigor em 2022. Com isso, o Burnout passa a ser tratado de forma diferente – e a sua empresa precisa ficar atenta para essa condição.


Qual é a relação do Burnout com as empresas?

Já muito antes, o estresse e o esgotamento já eram motivos de preocupação na gestão de pessoas, seja pela falta de engajamento, menor produtividade ou até mesmo, perda de profissionais.


Além desse risco existente, agora ela também está presente também no fator jurídico e financeiro. Se caracterizada como condição ocupacional decorrente do trabalho, o segurado terá direito a estabilidade de 12 meses e recebendo o auxílio por incapacidade temporária acidentário.


As instituições precisam tomar a frente nessas questões de saúde e bem estar integral por meio da conscientização e inclusão de estratégias para prevenir esses problemas e assim contemplar um ambiente de trabalho mais leve, produtivo e satisfatório para todo o time.

Como reconhecer esse problema na empresa?

A Síndrome de Burnout, chegou a afetar 32% da população brasileira economicamente ativa, de acordo com pesquisa realizada em 2019 pela International Stress Management Association do Brasil (ISMA-BR), divulgada pela Agência Fiocruz


Os colaboradores afetados por essa síndrome passam a manifestar diversos sintomas que podem ser identificado pela empresa, como: 

  1. depressão;

  2. despersonalização (não reconhece seus próprios valores);

  3. esgotamento;

  4. negação (evita o confronto com os sintomas mesmo percebendo que algo está errado);

  5. mudança de comportamento (agressividade e intolerância);

  6. não “se desliga” do trabalho;

  7. necessidade em demonstrar o seu trabalho e dentre vários outros.

Como evitar que a Síndrome de Burnout aconteça com seu time?

É preciso que o setor de RH e os líderes de equipes criem ações de conscientização com o objetivo de tornar o ambiente de trabalho mais leve, como campanhas de incentivo, apoio e indicações de tratamento ao funcionário que demonstrar qualquer sinal.


Não esqueça que é importante sempre reavaliar as estratégias e encontrar a melhor forma de garantir qualidade de vida para o seu time.


Você, Rh, pode recomendar ou promover mudanças de hábitos

A empresa também pode orientar e aplicar campanhas para mudanças no estilo de vida, a fim de garantir uma boa saúde física e mental.

E nessa inclusão de estratégias, englobam aspectos essenciais, como:

  1. dormir bem;

  2. manter hobbies;

  3. participar de grupos sociais;

  4. praticar atividades físicas regulares;

  5. ter uma alimentação saudável.

Essas são algumas das condições essenciais para melhorar a qualidade de vida de seus colaboradores, diminuindo o estresse, prevenindo o Burnout e também outras doenças.



Faça a sua parte!


42 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page